23/07/1993:

Chacina na Candelária . No dia 23 de julho de 1993, por volta de meia-noite, cerca de 50 crianças de rua dormiam enroladas em cobertores próximo à Igreja da Candelária, no centro do Rio de Janeiro. Ao perceber que os meninos dormiam, alguns homens se aproximaram e começaram a atirar na direção dos menores. A chacina causou a morte de seis menores e dois maiores de idade, além de várias crianças e adolescentes feridos. A notícia correu o mundo e chocou pela sua violência contra os menores.Sete policiais, entre militares e civis, foram indiciados e, destes, três foram condenados. Um dos sobreviventes da chacina, Sandro Rosa do Nascimento, anos mais tarde, protagonizou o seqüestro do ônibus 174, também no Rio.

Padrão

23/07/1961

: É fundada a Frente Sandinista de Libertação nacional. A Frente Sandinista de Libertação Nacional (F.S.L.N.) é uma organização política de esquerda de origem social-democrata criada em 23 de Julho de 1961 na Nicarágua pelos políticos Carlos Fonseca Amador, Tomás Borge Martínez e Silvio Mayorga. O grupo proclamou-se seguidor da ideologia e do movimento empreendido pelo líder nicaraguense Augusto C. Sandino (de quem tomou o nome), o qual empreendeu uma guerra de guerrilhas contra a intervenção americana em seu país durante as primeiras décadas do século XX. Atualmente faz parte da Internacional Socialista, identificando-se com as forças social-democratas, trabalhadoras e socialistas democráticas do mundo. O FSLN liderou a luta armada contra a ditadura da família Somoza na Nicarágua a partir de sua fundação, passando por vários períodos, desde muitas ações armadas e políticas até seu quase desaparecimento no início dos anos 70. Em 1974 iniciou um processo crescente de atividades armadas que tiveram seu ponto máximo em meados de 1978 e levaram ao triunfo revolucionário em 1979. Esta luta denominou-se Revolução Nicaraguense ou Revolução Sandinista e terminou com a entrada dos revolucionários em Manágua (capital nicaraguense) em 19 de Julho de 1979 e provocou a derrocada da ditadura de Anastasio Somoza Debayle

Padrão

23/07/1974:

Na Grécia, é derrubado o governo militar e o ex-primeiro-ministro conservador Constantine Karamanlis é convidado a retornar do exílio em Paris, onde se encontrava desde abril de 1967 , quando uma junta militar liderada pelo coronel Papadopoulos, o coronel Makarezos e o Brigadeiro Pattakos tomou o poder introduzindo o chamado Regime dos coronéis.

Padrão

23/07/1840:

uma manobra política liderada pelo deputado do Partido Liberal, Andrada Machado, precipitou o fim da 2ª. Regência Una, do Partido Conservador. Integrante da bancada paulista e irmão de José Bonifácio, ele conseguiu aprovar o projeto de lei que antecipou a maioridade de D. Pedro II. O golpe teve como principal objetivo dar o poder para o jovem D. Pedro II para que, mesmo inexperiente, atendesse aos interesses liberais. 

Padrão

22/7/1935:

o presidente Getúlio Vargas criou o programa A Hora do Brasil que deveria ser transmitido por todas as estações de rádio, de segunda à sexta-feira (exceto feriado), das 19h às 20h. O programa tinha o objetivo de divulgar os principais acontecimentos do país e, principalmente, os atos do presidente da República.

Padrão

22/07/1946:

Mais de três milhões de prisioneiros alemães estavam na União Soviética desde o fim da Segunda Guerra, onde foram obrigados a ajudar na reconstrução do país. Em 22 de julho de 1946, começaram a retornar à Alemanha.

Padrão