14/05/1964:

O Presidente dos Estados Unidos Lyndon Johnson proíbe qualquer país do mundo vender comida e medicamentos a Cuba. No dia seguinte, um editorial no New York Times disse: «Esta não é a maneira de ganhar a guerra fria contra Cuba ou o modo de apresentar ao mundo uma imagem de um Estados Unidos civilizado».

Padrão

14/05/1955:

  sete países do Leste Europeu reagiram ao ingresso da Alemanha Ocidental na Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) e fundaram o Pacto de Varsóvia, liderado pela União Soviética.  A União Soviética, a Polônia, as então Tchecoslováquia e Alemanha Oriental, além de Hungria, Romênia, Bulgária e Albânia, uniram-se num bloco militar de defesa conjunta. O marechal soviético Ivan S. Konev foi nomeado seu comandante.

Padrão

13/05/1808:

era criada a Impressão Régia. Até então, era proibido imprimir qualquer livro ou papel no Brasil e as duas oficinas tipográficas precursoras – de Recife, em 1706, e do Rio de Janeiro, em 1747 – foram fechadas e seu equipamento apreendido.

Padrão

13/05/1888:

Foi assinada pela princesa Isabel a Lei Áurea, que decretava o fim da escravidão no Brasil. Dona Isabel sancionou a Lei Áurea na sua terceira e última regência, quando o Imperador D. Pedro II estava fora do Brasil. O processo de abolição da escravatura no Brasil foi gradual e teve início com a Lei Eusébio de Queirós de 1850, seguida pela Lei do Ventre Livre de 1871, a Lei dos Sexagenários de 1885, e a Lei Áurea. O Brasil foi o último país independente do continente americano a abolir completamente a escravatura.

Padrão

Oswald de Andrade

Capital da República

     Temperatura de bolina

      O orgulho de ser branco

     Na terra morena e conquistada

     E a saída para as praias calçadas

     Arborizadas

     A Avenida se abana com folhas miúdas

      Do pau-brasil

     Políticos dormem ao calor do Norte

     Mulheres se desconjuntam

     Bocas lindas

     Sujeitos de olheiras brancas

     O Pão de Açúcar artificial.

               Oswald de Andrade.  “Poesias Reunidas”  

Padrão

12/05/1940

As panzerdivisões alemãs, depois de cruzar a floresta das Ardenas na Bélgica, irromperam na planície francesa com sua armadura poderosa e ultrapassaram o exército francês e a Linha Maginot por trás. No dia 10 de junho será assinado o armistício pelo qual a França será dividida em duas zonas: a ocupada e a “livre”, sob o governo colaboracionista com a Alemanha nazista do marechal Pétain. Em 14 de junho, os alemães desfilarão vitoriosamente na Champs Elysees em Paris.

Padrão

11/05/1938:

Integralistas tentam matar o presidente Getúlio Vargas e tomar o poder. Liderados por Belmiro Valverde e o ten. Severo Fournier, um grupo de civis, marinheiros, fuzileiros navais tentam ocupar o Palácio Guanabara. Resistência dos ocupantes, entre eles Getúlio e sua filha Alzira. Prisões, fuzilamentos. Após o fracasso Plínio Salgado deixa o país, mesmo alegando não ter participado da tentativa de golpe.

Padrão