Crise energética -2001

Penápolis , 26 de julho de 2001

O governo admite ter errado parcialmente na atual crise energética . FHC ( o protótipo de rei) se isenta da culpa , atribuindo a falha de comunicação entre a pasta de Minas de Energia e seus assessores mais próximos , em informa-lhe a respeito do problema .
O ex- ministro de Minas e Energia ( Rodolpho Tourinho ) torna-se o principal culpado pelo caos que começa a se estabelecer no país no setor energético . Como é possível , o presidente ter problemas de comunicação com o seus ministros ?
A incompetência de FHC é grande em vários setores , veja a questão da segurança pública , com a greve da polícia e o banditismo generalizado . O governo prometia um plano nacional de segurança , agora quer atribuir ao exército o poder de polícia , tentando escapar do problema criado por ele , quando forçou a redução de gastos dos Estados , resultando na imobilização dos serviços públicos essenciais .
O problema se avoluma , e o governo fiel ao seu compromisso de reduzir o tamanho do Estado , provoca o colapso do país .

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s