Marcuse

“…, para ele (Hegel), a família é a raiz ‘moral’ do Estado: ele forma as características por meio das quais o indivíduo pode tornar-se membro do Estado como moralidade ‘objetiva’; …”
Herbert Marcuse. “Idéias sobre uma Teoria Crítica da Sociedade”. Rio de Janeiro: Zahar, 1972, pg. 110.

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s