“Queremos que os alunos se especializem e escolham um trabalho muito cedo, mas é uma forma de corromper o aluno”

“Há uma estupidez enorme nas reformas que estão sendo feitas em países da Europa, segundo a ideia de que a escola moderna deve ser conectada, com internet em todo lugar, e que o estudante tenha um tablet ou um computador diante de si. Isso é uma estupidez enorme. A escola moderna não é a conexão, a tecnologização, mas a escola com bons professores, porque eles geram bons alunos.
Se o professor não ensina com paixão, se não tem a humildade de preparar a cada dia seu curso, se entra numa classe e fica olhando o relógio porque deve sair para uma reunião de departamento da faculdade para tratar de dinheiro, para preencher papéis, isso é um crime. Os estudantes, se colocados diante de um professor que não ensina com paixão, não terão nenhuma paixão.
Outro erro é perguntar para alunos de 12, 13 anos qual profissão querem ter. E baseado na resposta é preciso escolher a escola de ensino médio, a universidade. Queremos que os alunos se especializem e escolham um trabalho muito cedo, mas é uma forma de corromper o aluno. Eles deveriam pensar apenas em absorver o saber, em se tornarem pessoas melhores. A especialização mata a curiosidade e, assim, matamos toda a possibilidade de criar um aluno que possa aumentar seu saber.”
Nuccio Ordine. “Entrevista” in Folha de S. Paulo, 6/03/2016

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s