Wanderley Pinho

“Antes de 1808 não existia uma só imprensa no Brasil; em 1821, só duas: uma no Rio e a ‘Edade de Ouro’ na Bahia. As poucas escolas ensinavam só grammatica e rethorica, e ‘uma cousa chamada philosophia’. Não havia gente idônea para um governo constitucional representativo. Mas, como então o governo era do quero e mando, a falta de instrucção não se fazia muito sentir. Veio a independência e o systhema constitucional, a exigirem nos homens de governo conhecimentos , habilitações.”
Wanderley Pinho. “Cotegipe e seu Tempo”. São Paulo: Cia Ed. Nacional, 1937, pg. 511 e 512.

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s