Michael W. Apple

“Em vários países , as autoridades educacionais e os planejadores , os legisladores, os especialistas em currículo e outros têm sido submetidos a uma pressão imensa para tornar as ‘necessidades’ do comércio e da indústria os objetivos primários do sistema escolar . As pressões econômicas e ideológicas têm se tornado bastante intensas e , com freqüência , muito evidentes. A linguagem da eficiência, da produção, dos padrões de qualidade , da eficácia de custo, da qualificação para o trabalho , da disciplina de trabalho e assim por diante , definida por grupos poderosos e sempre ameaçando tornar-se o modo dominante de pensar sobre a escola, tem começado a deixar de lado preocupações com um currículo democrático, com a autonomia do professor, e com a desigualdade de raça , classe e sexo.”
Michael W. Apple . “O computador na educação: parte da solução ou parte do problema?” in Revista Educação & Sociedade, VIII (23):28 ; abril 1986

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s