Em 11 de setembro de 1822, o Colégio dos Cardeais, grupo constituído por todos os cardeais da igreja católica, responsáveis por aconselhar e assistir as tarefas administrativas e religiosas do papa, anuncia que, dali por diante, todo trabalho e publicação que verse sobre o movimento da terra em torno do sol será permitido. Na foto, […]

via Igreja católica admite, pela primeira vez, o heliocentrismo —

Padrão

A. Tocqueville

“A Revolução francesa, que aboliu todos os privilégios e destruiu todos os direitos exclusivos, deixou no entanto subsistir um deles, o da propriedade.”
A. Tocqueville in Weffort, Francisco C. (org.). “Os Clássicos da Política”. São Paulo: Ática, 1990, v. 2. Pg. 187.

Padrão

Mia Couto

A CASA

Confesso:
Quando a olhei
eu apenas queria,
em sua boca,
a água onde começa a vida.

E fui num murmúrio:
preciso do teu fogo
para não morrer.

Ela, então,
sussurrou o convite:
vem a minha casa.

No caminho,
porém,
recusou meu braço,
esfriou o meu alento.

E corrigiu-me assim o intento:
não te quero corpo,
nem quero o fogo do leito,
nem o frio do adeus.

Suave murmurou:
levo-te,
homem,
a minha casa
para aprenderes a ser mulher.

Que nenhum outro fim
a casa tem.

Mia Couto

No livro Vagas e Lumes.

Padrão

Jung

“Desde tempos imemoráveis, o homem, nos mitos, sempre exprimiu a idéia da coexistência do masculino e do feminino num só corpo”
Carl Gustav Jung. “Psicologia da religião oriental “ . Petrópolis, Vozes, 1980, pg. 27

Padrão

Carl Gustav Jung

“A psique… existe, embora não sob uma forma física. É um preconceito quase ridículo a suposição de que a existência só pode ser de natureza corpórea. Na realidade, a única forma de existência de que temos conhecimento imediato é a psíquica. Poderíamos igualmente dizer que a existência física é pura dedução uma vez que só temos alguma noção da matéria através, de imagens psíquicas, transmitidas pelos sentidos.”
Carl Gustav Jung. “Psicologia da religião oriental”. Petrópolis, Vozes, 1980, pg. 8

Padrão

detalhe1

Michelangelo

Imagem

David de Michelangelo é revelado ao público

template-post

Em 8 de setembro de 1504, uma das obras mais populares de Michelangelo foi revelada ao público em frente a prefeitura da cidade italiana de Florença.

Era a escultura da figura bíblica de David, esculpida em mármore da região de Carrara e com mais de cinco metros de altura.

A estátua era originalmente parte de uma encomenda de 12 figuras que iriam adornar o teto da catedral de Florença.

Em 1410, Donatello trabalhou na primeira estátua da série em terracota. Era a figura de Josué. Curiosamente a imagem desapareceu no século 18 e jamais foi vista. Agostino di Duccio esculpiu Hércules em terracota e, em 1464, foi escolhido para esculpir uma figura de David sob a supervisão de Donatello.

Agostino esculpiu parte das pernas e alguns detalhes mas, subitamente, o projeto foi cancelado com a morte de Donatello, seu supervisor, em 1466.

10 anos depois, Antonio Rosselino foi contratado para…

Ver o post original 581 mais palavras

Padrão

Resenha – Filme – Winter in Wartime [Inverno em tempo de guerra]

Dani Bibliotecária Leitora

Olá, tudo bem por aí?

Este final de semana eu assisti a um filme que não estava nos meus planos (leia “Lista da Netflix” haha). Mas como vi que era um filme sobre guerra (e eu costumo gostar desse tipo de temática), resolvi assisti-lo.

f7e48770b4b88f552d4283ff3ca413da_jpg_290x478_upscale_q90Winter in Wartime (Inverno em tempo de guerra, 2008) é um filme belga, e irá nos contar a história de Michiel, um garoto de 14 anos, que é filho do prefeito de uma cidadezinha. A Segunda Grande Guerra está em seu fim, e o garoto Michiel acaba se juntando à resistência britânica, por se envolver com a vida de um soldado ferido em batalha. Temos contato também com seu tio Ben, que irá ajudá-lo a escapar das forças hitlerianas. Mas claro que nosso protagonista irá pagar um preço maior do que simplesmente deixar suas fantasias infantis de lado.

WINTER-jumboMinha opinião: Para mim, começou como um…

Ver o post original 109 mais palavras

Padrão