Joan Baez

Pensativa Mente

Resultado de imagem

Nascida nos Estados Unidos, Joan Baez conseguiu se tornar uma das mais festejadas cantoras de música de protesto latino-americana. E fez isso com mérito. Ao longo dos anos 1960 e 1970, gravando em inglês e em espanhol, a rainha do folk se tornou conhecida por seu timbre característico — soprano hábil nos vibratos — mas sobretudo por seu engajamento político.

Subiu em palanques ao lado de Martin Luther King, cantou em prisões, foi se apresentar nos teatros dos negros quando eles eram proibidos de entrar nos teatros dos brancos, manifestou-se aberta e intensamente contra a Guerra do Vietnã, fundou em 1966 um instituto dedicado ao estudo da não-violência, militou na Anistia Internacional, e se aliou à resistência democrática em todos os países dominados por ditaduras militares na América do Sul.

Em 1974, meses depois do golpe que assassinou Salvador Allende e entregou o governo do Chile ao general Augusto Pinochet…

Ver o post original 295 mais palavras

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s