Emir Sader

“Ser politizado é entender como funcionam as relações de poder em cada sociedade e no mundo em geral. É compreender que, por trás das relações de troca no mercado existem relações de exploração. Que, por trás das relações de voto, existem relações de dominação. Que, por trás das relações de informação, há um processo de alienação.”
Emir Sader.”O que é ser politizado”. in Caros Amigos . XI(121):40, abril de 2007

Anúncios
Padrão

Hobsbawm

“… a história sem solução de continuidade do comunismo, enquanto movimento social moderno, tem início com a corrente de esquerda da Revolução Francesa. Uma direta linha descendente liga a ‘conspiração dos iguais’ de Babeuf, através de Felipe Buonarotti, às associações revolucionárias de Blanqui dos anos 30; e essas , por sua vez, se ligam – através da Liga dos Justos, formada pelos exilados alemães inspirados por eles, e que depois se tornará Liga dos Comunistas – a Marx e Engels, que redigiram sob encomenda da Liga O manifesto do partido comunista.”
Eric Hobsbawm. “História do Marxismo”. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1983, v.1, pg. 40

Padrão

Lya Luft

O meu amado tinha indignações enormes

O meu amado tinha indignações enormes.
Andava de um lado para outro em minha frente:
não se conformava com os conformados, os corruptos,
os medíocres e os vendidos deste mundo.
Não se conformava com a miséria, a dominação, o desvalimento.

Não se conformava também quando não o entendiam.
Passava as mãos pelo cabelo grisalho
e ardia como um jovem de dezoito anos na sua ira:
“Tenho vocação é de terrorista.”

(Eu escutava, com medo de que ele saltasse da varanda
levado pelo vendaval de seu furor de justo.)

Depois, ele fechava as portas de vidro sobre a noite quente,
me pegava pela mão, dizia:
“Vamos dormir.”

E então era todo mel e ternura.

Lya Luft

Padrão