“A Utopia”

“… onde existe a propriedade privada, onde o dinheiro é a medida de todas as coisas, não poderá reinar a prosperidade e a justiça social; a menos que se chame de justo o estado social em que o que há de melhor pertence aos piores, e de próspero o país em que tem um punhado de indivíduos reparte entre si todos os bens, gozando o maior conforto, enquanto o resto dos homens vive em profunda miséria.”
Thomas Morus.“A Utopia”. Brasília, UnB, 1992, pgs. 30 e 31

Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s