Edward O. Wilson

“… a regra atribuída ao filósofo estoico romano Sêneca, o Jovem, de que a religião é, para os ingênuos, verdade; para os sábios, mentira, e para os governantes, uma mão na roda.”

 Edward O. Wilson. “O sentido da existência humana”. São Paulo: Cia das Letras, 2019, pg. 121.

Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s