10 de Maio

10/05/1933: Foram queimadas em praça pública, em várias cidades da Alemanha, as obras de escritores alemães inconvenientes ao regime nazista. Em Berlim, Bebelplatz foi palco de um dos episódios mais emblemáticos do nazismo: a queima dos livros. Fogueira pública marcou auge da perseguição a intelectuais, que começara com denúncias contra professores.

Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s