Philip Roth

“Somente o ancestral fogo sagrado da madeira tem o poder de fazer vibrar as cordas da lembrança primeva. Quem compartilha a fogueira com você ganha seu amor para sempre, e entre aqueles acampam em paz – (…)- se forma um laço duradouro de união, por mais distantes que sejam seus mundos.”
Philip Roth. “Nêmesis”. São Paulo: Cia das Letras, 2011, pg. 147.

Anúncios
Padrão

Petrônio

“É verdade que a natureza o dotou tão generosamente com os atributos da virilidade que, pela grandeza de suas proporções, dir-se-ia fosse ele o próprio Priapo. Ó vigoroso campeão! Creio que ele poderia travar um combate amoroso durante dois dias inteiros, sem se interromper. Também ele não ficou muito tempo nesse embaraço, porque não sei qual cavaleiro romano, conhecido, segundo me disseram, por sua infame devassidão, vendo-o correr inteiramente nu daquela maneira, logo o cobriu com a sua túnica e o levou para casa, sem dúvida para assegurar-se o monopólio daquela boa sorte.”
Petrônio. “Satiricon”. São Paulo: Abril Cultural, 1981, pg. 123

Padrão

Perry Anderson

“O aparelho político de Stalin suprimia ativamente as práticas revolucionárias das massas dentro da Rússia e, no exterior as desencorajava e sabotava.
(…) Na base, as massas foram caladas, sua espontaneidade e autonomia pulverizadas pela casta que confiscara o poder no país; no topo do partido, os expurgos afastaram os últimos companheiros de Lênin.”
Perry Anderson. “Considerações sobre o Marxismo Ocidental”. São Paulo, brasiliense; 1989; pg. 35

Padrão

17-03-1998

17-03-1998

Imagem

13-07-2014

13-07-2014

Imagem

Tzvetan Todorov

“A primeira reação, espontânea, em relação ao estrangeiro é imaginá-lo inferior, porque diferente de nós: não chega nem a ser um homem, e, se for homem, é um bárbaro inferior; se não fala a nossa língua, é porque não fala língua nenhuma, não sabe falar, como pensava ainda Colombo.”
Tzvetan Todorov. “A conquista da América”. São Paulo: Martins Fontes, 1988, pg. 73.

Padrão