Gabriel García Márquez.

“… estavam ligados até a morte por um vínculo mais sólido que o amor: uma dor comum de consciência.”
Gabriel García Márquez. “Cem anos de solidão”. Rio de Janeiro: Record, s/d, pg. 24.

Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s